Senhora da Agonia: das preces dos pescadores à festa trajada de alegria

A romaria de Nossa Senhora da Agonia está prestes a começar e o Estação Viana Shopping não quis ficar de fora daquela que é a festa mais importante da nossa cidade.

A senhora da Agonia
Quis, ali, o seu olhar,
Para velar, noite e dia,
Pelos que partem e chegam
E que, com risco, navegam,
Por sobre as águas do mar

Os versos do poema de José Lomba retratam as preces que invocavam a Virgem com o nome de Agonia, não só pelos pescadores que viviam momentos de aflição em alto mar, como também pelas suas famílias que os viam partir num barco sem saber quando – ou se – os voltariam a ver.

Foi em 1751 que a imagem da Senhora da Agonia entrou na Capela do Bom Jesus, e, após 32 anos, a Sagrada Congregação dos Ritos concedeu todos os direitos para que a 20 de agosto, se pudesse celebrar esta aparição na Capela. Data que Viana do Castelo elegeu como feriado municipal e que, desde 1861, deixou de ser apenas uma celebração religiosa, para também prestar homenagem à cultura da nossa cidade.

Este ano não é exceção e a romaria volta a tomar conta das ruas da cidade, de 17 a 20 de agosto, e é impossível não ficar ansioso por ver – ou rever, no caso de todos aqueles que nos visitam nesta altura do ano – Viana do Castelo a trajar-se de alegria em todas as cores.

Sendo uma das festas mais importantes do país, o seu centro não podia ficar de fora. Além de patrocinadores das festas deste ano, também nós festejamos toda a cultura e encanto da cidade com o evento Pulsar Viana, no qual destacamos os segredos culturais de Viana do Castelo. Saiba tudo aqui.

Para que não perca nada, recomendamos-lhe os cinco momentos mais altos das Festas de Senhora da Agonia, aos quais não pode mesmo faltar!

 

Revista de Gigantones e Cabeçudos – todos os dias, às 12h

Quando o relógio marcar as 12h, saiba que está na hora de ver centenas de artistas populares darem o seu melhor, acompanhados por gigantones e cabeçudos que dançam de uma forma desajeitada mas sempre bastante divertida. Esta Revista chega a juntar mais de 200 tocadores de bombos que fazem com que o som destes instrumentos seja ouvido praticamente em toda a cidade.

 

Desfile da Mordomia – 18 de agosto, às 10h

São mais de 400 mulheres que desfilam pelas ruas de Viana do Castelo, espalhando beleza e orgulho naquilo que vestem: diferentes trajes e peças de ouro seculares. As mulheres que carregam essas peças, levam consigo dezenas de quilos de ouro, reunindo no seu peito as peças de família e amigos.

 

Cortejo Histórico-Etnográfico – 19 de agosto, às 16h

Neste momento, as ruas são ocupadas por um verdadeiro museu vivo, com mais de três mil figurantes que através de uma centena de quadros e dezenas de carros alegóricos formam um espetáculo único, que mostra o melhor da cultura e arte de Viana do Castelo, bem como os seus usos e costumes.

 

Festa do Traje – 20 de agosto, às 22h

Aqui a festa faz-se a dançar e a cantar, ao mesmo tempo que se homenageia a etnografia e o folclore do Alto Minho. As mulheres e os homens, devidamente trajados, são desafiados a perceberem a origem e história dos usos e costumes associados à arte de bem trajar e ‘ourar’ pela genuína moça de Viana.

Categorias
Cultura
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço