Viana vai Pulsar como nunca antes

“Se o meu sangue não me engana, como engana a fantasia, havemos de ir a Viana, o meu amor de algum dia”, cantou um dia Amália Rodrigues sobre a cidade que agora irá Pulsar ainda mais intensamente.

Conhecida pela riqueza do seu património natural, monumental e histórico, Viana do Castelo é também conhecida pelo original artesanato, pelo talento único em cada louça e bordado que faz nascer trajes que exaltam a beleza da cidade. Temos a certeza que já conhece todos estes segredos e maravilhas, mas tudo o que conhece vai ganhar outra dimensão com mais uma edição do “Pulsar Viana”.

Tal como no passado, esta iniciativa do Estação Viana Shopping tem como objetivo apresentar os segredos melhor guardados das artes e tradições de Viana e do Minho. E para que não perca nada, contamos-lhe tudo.

Duas artistas de relevo, ambas naturais de Viana do Castelo – Iva Viana e Dina Maciel Costa – vão escolher peças e obras de várias instituições parceiras, ao mesmo tempo que desenvolvem um lado moderno e um novo olhar sobre essas mesmas coleções.

A Casa dos Nichos, o Museu de Artes Decorativas, e o Museu do Traje serviram de inspiração a Iva Viana, que terá as suas criações em exposição durante os primeiros dois meses desta iniciativa.

Já para Dina Maciel Costa, foram a Fundação Gil Eannes – Navio Museu Gil Eannes, o Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima e o Museu de Olaria que serviram de pilares para as peças que está a desenvolver e que apresentará durante a segunda fase do Pulsar Viana.

Mas não são apenas as curadoras que terão o seu trabalho exposto. Pela primeira vez, o projeto desafiou algumas escolas da zona envolvente do Centro – o Externato São João Bosco, a União de Freguesias de Viana do Castelo e os OTL (Ocupação de Tempos Livres) da Câmara Municipal de Viana do Castelo – a participar na iniciativa com o objetivo de envolver a comunidade escolar com as artes e os artistas de Viana do Castelo.

Foi neste âmbito, que Ana Pérez-Quiroga foi até às escolas orientar os trabalhos. Sob a égide “Era uma vez um objeto”, e partindo de uma peça da região, a artista desafiou os alunos a construir uma história, depois contada de forma plástica, através da técnica de corte e colagem.

E com tanta arte à mistura, não podia faltar a sétima, neste programa do Pulsar Viana. Numa parceria com a Associação Cultural Ao Norte, o Estação Viana irá ter, de forma gratuita, sessões de cinema documental onde irão ser abordados temas como as artes e as tradições da região nos documentários Ouro de Lei, São Jorge de Arga, Desafios e Bordado de Viana do Castelo.

Ficou curioso? Com o coração a pulsar mais rápido? Então marque na agenda estas datas. Esperamos por si.

– Inauguração da Exposição Coleções Secretas da Região by Iva Viana – 28 de julho

– Pulsar Viana Ciclo de Cinema Documental – 25  e 26 de Agosto

– Pulsar Viana Kids:  “Era uma vez um objeto…” – 16 de Setembro

– Inauguração da Exposição Coleções Secretas da Região by Dina Maciel Costa – 16 de Setembro

Publicação
28 de Julho de 2017
Categorias
Cultura
Partilhar

Tudo o que precisa num único espaço